Saiba por que o leasing de carros vale a pena

Na hora de adquirir um veículo, existe mais uma opção além do tradicional financiamento ou crédito direto ao consumidor (CDC): o leasing. Na prática, o leasing de carro consiste em um contrato entre um cliente, denominado arrendatário e uma empresa de arrendamento mercantil.

No caso da Movidas Seminovos, esse procedimento é feito por meio da JSL Leasing. Ela ajuda os nossos clientes a comprarem os veículos com muito mais facilidade e economia. Entenda melhor como funciona!

Leasing financeiro

Basicamente, o leasing é uma espécie de aluguel, mas com o diferencial de que ao final do contrato, o arrendatário tem poder de compra. Ou seja, depois de ter pago as parcelas durante determinado tempo, o consumidor pode, efetivamente, comprar o bem para si.

No leasing financeiro — que é o oferecido pela JSL Leasing — a parte arrendatária exerce a opção de compra pelo valor previsto no contrato. Portanto, ela paga o valor residual definido no fechamento do acordo.

Valor residual garantido

O valor residual é determinado para o exercício da opção de compra. Basicamente, pode-se dizer que ele é o preço que será pago pela aquisição do carro. No contrato, é definido em qual momento o valor residual será pago.

O pagamento do VRG poderá ser:

  • ato: entrada paga pela arrendatária no início do contrato;
    parcelado: parcelas pagas na vigência do contrato, nos mesmos vencimentos das contraprestações,
  • final: pago no encerramento do contrato.

Outros tipos de leasing

Existem outros dois tipos de leasing. No operacional, o arrendador precisa pagar os custos pela manutenção dos bem, nesse caso o veículo. Por sua vez, o arrendatário tem a possibilidade de desfazer do contrato, a partir de 90 dias após o seu início com aviso prévio.

Há ainda o leasing back, que ocorre no meio empresarial. Ele acontece quando uma empresa que precisa de capital vende os bens e os aluga de volta.

Vantagens do leasing de carro

O leasing de carro possui uma série de vantagens com relação ao financiamento de carros usados tradicional. De acordo com o diretor comercial da JSL Leasing, Cássio Paulo da Silva, a principal vantagem dessa operação é que não há a incidência do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras). Assim, o arrendamento se mostra uma opção mais econômica para o consumidor.

Além disso, ele tem parcelas fixas, o que ajuda a organizar o pagamento e evitar surpresas. Desde a assinatura do contrato, o comprador já sabe exatamente o que irá pagar.

Outro aspecto que faz baratear o custo do leasing é que, como o veículo é registrado como propriedade do banco, o crédito é liberado mais rapidamente. Isso também faz com que o custo da operação seja mais baixo, porque possui uma garantia.

As pessoas jurídicas enquadradas no Lucro Real podem ainda aproveitar créditos para bens arrendados. Essa tomada de crédito é válida para contratos do leasing financeiro, se as empresas estiverem enquadradas com regime Cofins e PIS não cumulativo.

Leasing x financiamento

À primeira vista, o leasing de veículos e o financiamento podem ser bastante semelhantes, por se tratarem de modalidades de pagamento a prazo. Porém, no arrendamento, o bem fica em nome do banco até a quitação completa.

No caso do financiamento, desde o começo, a documentação é colocada no nome do consumidor. Por conta disso, os juros da operação são maiores, pois a instituição financeira corre mais riscos em caso de não pagamento.

Geralmente, o leasing é uma ótima opção para quem deseja comprar um veículo, mas não tem muito dinheiro para dar de entrada em um financiamento, nem quer arcar com o custo alto do crédito. Além disso, a compra pode ser feita mais rapidamente, o que facilita, principalmente, para quem utiliza o carro no dia a dia.

Agora que você já sabe como funciona o leasing de carros, conte com a garantia da Movida Seminovos para comprar o seu automóvel. Temos diversos modelos das principais montadoras. Conheça já!

Deixe uma resposta